Lagoinha do Leste – É para perder o fôlego!

Lagoinha do Leste – É para perder o fôlego!

Oi galerinha!!!

Pra quem é novo por aqui, não deve saber muito sobre nossa paixão por viagens e lugares novos, a verdade é que nesses dois anos e quatro meses que estamos juntos eu viajei mais do que nos meus 21 anos. hehe

E hoje não poderia deixar de vir contar esse experiencia incrível e dar algumas dicas também. Vamos lá?!

Somos amantes de Florianópolis, capital de Santa Catarina. E todas as praias de lá, e em uma de nossas idas até lá decidimos fazer essa aventura.

Era um lindo dia de sol, e estava bem quente, saímos bem cedo do nosso acampamento, e fomos em direção a praia de Lagoinha do Leste.  O Di já tinha feito essa trilha mas ainda não tinha subido no pico da coroa que é de onde tivemos uma das melhores vistas.

Saímos sentido praia Pântano do Sul, local de início da caminhada de uma das trilhas que leva à Lagoinha do Leste. A extensão é de 2.400 metros e leva cerca de 1h15,  o grau de dificuldade é médio.

Deixamos o carro num estacionamento em frente à estradinha que dá acesso para a trilha, pagamos R$ 20 e o carro ficou guardadinho lá o dia todo.

O acesso para a trilha começa em uma rua residencial de lajotas. Subimos uns 400m até encontrar o acesso para a trilha, à esquerda, que está sinalizada com placa.

É uma praia em que só é possível acessar por trilhas ou barcos, o custo varia de acordo com a demanda, mas em geral é cerca de R$ 30.

É extremamente reservada, preservada e linda. As trilhas exigem um bom condicionamento físico em razão dos morros no caminho mas são bem abertas e sinalizadas. Eu particularmente quase infartei logo no inicio pois a subida é pesada – hehe. Mas logo em seguida me recuperei e aí foi só curtir a natureza incrível em meio a mata Atlântica.

Vimos por lá muitas pessoas acampando, o que é bem possível já que a ilha conta com sombra e água potável junto ao costão esquerdo. O costão direito apresenta fonte com água corrente durante períodos com mais chuvas.

O mar é grosso e com ondas generosas, perfeito para quem gosta de surfar. A lagoa desemboca no mar formando um rio. A água deste rio é muito atrativa. Não tivemos muita sorte nesse dia e a lagoa estava bem gelada.

No início não tem mistério. A demarcação do caminho é super definida. Ao longo do percurso, basta seguir as trilhas abertas que não tem erro. Todos os caminhos levarão até a praia. A primeira trilha termina na praia deserta da Lagoinha do Leste… Mas o glamour ainda está por vir!

Ao chegar na praia, à direita, você verá um morro com bastante vegetação e pedras, este é o famoso Morro da Coroa. Pra ter acesso ao seu pico, é necessário percorrer mais um trecho de aproximadamente 40 minutos até chegar às pedras mais altas. Eu achei bem pesada a subida, até porque nunca tinha escalado nada na minha vida antes. Mas se essa foi a minha primeira experiencia, as próximas serão melhores ainda. O visual vale todo o esforço. A paisagem é algo que nunca tínhamos visto antes… Sen-sa-cio-nal!!!

CHEGAMOS! PODE FALAR, É LINDO NÉ?!

Comemoramos muito, afinal a subida foi um pouco tensa. Mas no final tudo compensa, a vista é perfeita e o sentimento de cansaço desaparece em meio a tanta beleza.

Agora vamos a algumas dicas que não podem faltar:

Calçado adequado: um bom tênis, lanche e hidratação: leve quantidade abundante de água ou outra bebida de sua preferência, pois mesmo em dias de frio, a boca fica seca e a água dá um fôlego pra continuar. Ao longo do caminho existe um córrego de água cristalina, dizem que a fonte de água dos moradores da praia vem dali. No retorno da trilha, tomamos desta água e deu tudo certo. Indicamos tudo aquilo que forneça energia e seja leve para carregar na mochila. Leve protetor solar, mesmo não sendo dia muito quente, o sol queima. Repelente também é muito importante e não pode faltar. Nós passamos a manhã toda lá e uma parte da tarde, na volta caprichamos no café da tarde já que não tínhamos almoçado.

Desejo de coração que você faça essa trilha, conheça esse lugar incrível, e leve quem puder com você. Vale com certeza o passeio e você não gasta praticamente nada.

E aí gostaram? Bora incluir na lista de lugares para conhecer?

Boa viagem, e até a próxima.

Beijinhos!

Energia que Rege

Energia que Rege

Nossa missão é levar a reflexão para as pessoas sobre o sentido da vida, com os mais variados temas e assim possibilitando o seu crescimento pessoal.
Energia que Rege